SOLDADO DA PM É EXECUTADO E TEM ARMA ROUBADA NO PARÁ

 



O soldado da Polícia Militar do Pará (PMPA), Lucas Henrique Aracati Saraiva, foi morto a tiros na madrugada deste domingo (11) em um posto de combustíveis localizado próximo ao Trevo do Peteca, em Barcarena, nordeste do Pará. Câmeras de segurança do estabelecimento registraram a ação criminosa.


De acordo com o boletim policial, uma guarnição foi informada por volta das 3h40 que um policial militar teria sido baleado no local. Os agentes foram até o endereço informado e constataram a veracidade da ocorrência. Outras viaturas foram chamadas, mas Lucas já estava morto.


No local, os policiais militares conseguiram apurar inicialmente que o soldado parou para abastecer sua motocicleta e permaneceu ali. Quatro homens armados chegaram ao posto em um carro atirando contra o militar, que tentou fugir, conforme mostrado pelas imagens das câmeras de segurança.


Quando Lucas já estava caído no chão, os criminosos roubaram sua arma e renderam um funcionário do posto. As imagens das câmeras de segurança mostram que os suspeitos levaram o homem para dentro do que parece ser o escritório do posto e saíram de lá com uma mochila. Os suspeitos entraram em um carro modelo Palio e fugiram com o motorista que já os aguardava.


A Polícia Científica do Pará (PCP) foi chamada para realizar a análise e remoção do corpo. A Polícia Civil informou que está investigando o homicídio, por meio da Delegacia de Vila dos Cabelos, em Barcarena. "Testemunhas serão ouvidas e perícias serão solicitadas para auxiliar nas investigações", comunicou a polícia. Informações que possam ajudar as autoridades podem ser repassadas ao Disque-Denúncia (181). A ligação é gratuita e o anonimato é garantido.


Em comunicado, a Polícia Militar informou que o soldado foi morto e teve sua arma roubada. A PM está realizando buscas para encontrar os responsáveis e está oferecendo apoio à família.


Fonte: Portal Moju

14 comentários:

  1. Mortes aos ladrões.... filhos da desgraça

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho a impressão que logo logo os grupos de extermínio voltaram a ativa no país dado a situação de caus que esta se tornando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá demorando isso acontecer

      Excluir
    2. Eu também acho inclusive eu acho muito estranho o pessoas das armas seguindo leis feitas por vagabundos sendo mortos e respeitando hierarquia criminosa na minha infância com a polícia e o exercito que existia já tinha rodado político juiz advogado direitos humanos imprensa e toda corja de defensor de bandido, sinceramente não entendo o que está acontecendo ,pelo que eu sei todo poder é cedido pelo poder armado, e amana dos canos das metralhadoras o pessoa das armas está seguindo caneta de vagabundo eu não entendo qual estratégia se querem deixar o caus reinar até a população implorar por ajuda não sei dizer o que tá rolando

      Excluir
  3. Eu que fui residente do Pará a mais de 20 anos sei de uma coisa, matou o PM (independente da corporação), morre no mínimo 30 bandidos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desses 30 a metade vai ser inocentes,quando eles vão no lugar o primeiro que eles ver morre.🙄

      Excluir
    2. Se for bandido pode morrer uns 100

      Excluir
  4. https://www.youtube.com/shorts/gCJh7NpMU0s

    ResponderExcluir
  5. Sorte teve o dog que pressentiu o perigo e vazou.

    ResponderExcluir
  6. Os direitos humanos vai cuidar deles ainda e é bem capaz que sejam ouvidos e liberados , esse Brasil tá uma vergonha. Pais sem Lei

    ResponderExcluir
  7. Caiu que arriou as pernas pra cima

    ResponderExcluir

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do Blog ou que contenham palavras ofensivas.

Atenção! Comentários relacionados a políticas, perfis com nomes de políticos ou nomes escrotos não serão aceitos.

Tecnologia do Blogger.