POLICIAL É MORTO POR COLEGA DE FARDA EM UBAJARA-CE

 




O disparo que atingiu o soldado Jean Rodrigues Granjeiro, morto durante uma ocorrência policial nesse domingo, 21, em Ubajara (Serra da Ibiapaba), partiu da arma de um outro policial militar que também estava na ocorrência. 



A informação foi confirmada pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e também consta no Auto de Prisão em Flagrante (APF) de Francisco Wenderson Cavalcante Nogueira, de 42 anos, preso suspeito de integrar o grupo criminoso que era perseguido pelos policiais antes da morte do soldado.


O PM que efetuou o disparo que vitimou o soldado se apresentou espontaneamente à Delegacia Regional de Tianguá, município vizinho a Ubajara, reconheceu ter sido ele o autor do disparo e entregou a arma de fogo que utilizava na ocorrência.



De acordo com a SSPDS, a arma do policial será submetida ao trabalho pericial realizado pela Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). "Por fim, a Pasta informa, ainda, que serão instauradas as medidas cabíveis relacionadas ao inquérito policial militar", diz a nota enviada.


Francisco Wenderson foi autuado somente por tentativa de homicídio, já que o bando que compunha teria atirado contra os PMs, e não pelo homicídio do soldado Granjeiro.




Fonte: O Povo 


7 comentários:

  1. É muita falta de competência mesmo viu. Era só o que me faltava.

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. it's more usual that you think

      Excluir
    2. Than you think* Seu mula, se você não sabe nem português é melhor não arriscar o inglês

      Excluir
  3. Um policial matando o outro...como fica? Foi sem querer vida que segue e me dá meu salário? O sujeito com medo de levar um tiro na cara do meliante....leva um tiro na nuca do "parceiro".

    ResponderExcluir
  4. sempre tem um(a) invejoso(a)

    ResponderExcluir
  5. Polícia matando polícia não e novidade,pois a muitos policiais corruptos no meio 😧

    ResponderExcluir

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do Blog ou que contenham palavras ofensivas.

Atenção! Comentários relacionados a políticas, perfis com nomes de políticos ou nomes escrotos não serão aceitos.

Tecnologia do Blogger.