POPULAÇÃO DESTRÓI VIATURA APÓS UM JOVEM SER MORTO PELA PM DURANTE UMA FESTA

 

Durante uma festa noturna em São João das Missões, Minas Gerais, no último domingo (10/12), ocorreu um episódio tumultuado com intervenção policial. Testemunhas afirmam que a polícia interrompeu o evento, desencadeando uma reação agressiva dos participantes e resultando em danos à viatura policial. No confronto, os agentes responderam à agressão, culminando na morte de um dos envolvidos.




Na madrugada de domingo, por volta das 1:30 horas, testemunhas alegam que Walison Lacerda, identificado como um índio, foi morto por disparos de arma de fogo na Aldeia Tenda, em Rancharia, São João das Missões, MG.


"Em depoimento, os militares teriam usado spray de pimenta durante uma festa, atingindo crianças. A vítima tentou agredir os militares e acabou sendo fatalmente atingida no peito."


A testemunha destaca que a vítima não tinha histórico criminal e era um índio de boa índole. Além disso, relata que a população reagiu de forma generalizada, danificando a viatura da Polícia Militar. Os militares deixaram o local a pé, solicitando reforço devido ao risco de linchamento por parte da revolta local.


Aguardamos um pronunciamento oficial da Polícia Militar de São João das Missões diante das acusações dos moradores sobre o homicídio.





25 comentários:

  1. Impressionante como o brasileiro foi doutrinado a odiar a polícia e amar os bandidos. A ladainha de vítima da sociedade venceu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viva o Brasil, Abaixa as Calça e Faz Sucesso kkkkk

      Excluir
    2. O teu nick condiz com seu comentario pqp. Tu acha que a população vai aceitar alguma instituição chegar e matar um dos seus por nada? Num momento de lazer, num final de semana depois tanto trabalhar pra manter os seus patrões ricos e ganhar um salario minimo? A população não tem o direito de se revoltar com quem faz isso, tinha era que agradecer ne? Vai tomar no seu cu

      Excluir
  2. Esses porcos são despreparados e truculentos. Assassinos uniformizados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem conhece sabe que a pm de minas gosta de bater atoa

      Excluir
  3. Ai, ai, a polícia brasileira, como sempre, só toma atitudes erradas. Não que as de outros países não falhem, mas a daqui é complicada.

    ResponderExcluir
  4. O brasileiro tem cada atitude bestializada

    ResponderExcluir
  5. eu fiko no meio deles só pra conseguir uma FODA, depois passo um tempo sem ir lá, os Novinhos Malokas são os MELHORES

    ResponderExcluir
  6. E pôr isso que eu prefiro ficar em casa relaxando de boa do quê tá no meio desses lixos.

    ResponderExcluir
  7. Sei não hein, ele falaram que os policiais atingiram crianças com spray de pimenta mas no vídeos só tem marmanjo pé de chinelo. E pelo estilo dos meliantes são um bando de funkeiros, provavelmente fizeram barulho e a polícia foi chamada para acabar com a putaria, um nóia se revoltou e levou chumbo.

    ResponderExcluir
  8. Culpa deles próprios população mal educada que flerta com o erro

    ResponderExcluir
  9. kkkkk vao comprar outra com dinheiro do imposto

    ResponderExcluir
  10. Não julgo! Já vi muito neguinho sendo dissimulado.
    Uma vez presenciei uma operação policial em uma rua de periferia, onde um jovem que não tinha uma das mãos foi morto com um tiro de fuzil dentro do seu AP . Logo após a morte dele apareceu a imprensa para entrevistar os familiares(se me lembro bem era a Globo, salve erro, a Record), a mãe chorava enquanto juntou um grupinho do pessoal da rua em frente a câmera para dizer o qual ele era um cara legal e bom filho. Logo depois de acabar a entrevista, todos na rua gritaram em coro "ASSASSINOS, ASSASSINOS!" para a policia que ainda estavam presentes. Logo após seguiram para limpar o sangue fresco que ainda sujava os degrais das escadas.
    O que não passou na entrevista foi que, o garoto morto era gerente da boca do local, e a policia chegou até a rua perseguindo uns ladrões que na fuga, atiraram contra um carro da PM que começou a persegui-los. Os ladrões então foram se esconder embaixo das asas do gerente da boca levando junto um comboio de viaturas policiais. Quando os criminosos perceberam que seriam cercados por um enxame de polícias, os ladrões fugiram e deixaram o gerente com a pica grossa na mão.
    Resultado: O gerente não quis se entregar, trocou tiros com os policiais e foi baleado com um tiro de fuzil no peito.
    Só por curiosidade, uma das mãos que ele não tinha, tinha sido perdida numa tentativa de desmobilizar um Caveirão, mas a bomba caseira explodiu antes da hora.
    Enfim, as histórias vão muito mais além do que o que a gente vê nas mídias.

    ResponderExcluir
  11. chegou e matou por nada? ata

    ResponderExcluir
  12. Destrói a viatura e quem paga são eles com os impostos Kkkkk, bando de pobretas burros.

    ResponderExcluir
  13. Parabéns PMMG, toda a ação tem reação, esses nóias acham que tem moral

    ResponderExcluir
  14. Ué o pm mata o cara e eles quebram o carro...não foi o carro que atirou....😏

    ResponderExcluir
  15. Lamentável esse desfecho

    ResponderExcluir

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do Blog ou que contenham palavras ofensivas.

Atenção! Comentários relacionados a políticas, perfis com nomes de políticos ou nomes escrotos não serão aceitos.

Tecnologia do Blogger.