HOMEM FAZ MULHER DE REFÉM DENTRO DE UMA LOJA E É MORTO PELA POLÍCIA


Caso aconteceu na noite de quinta-feira (9). Mulher foi ferida no pescoço com uma garrafa quebrada. Ela está hospitalizada em Novo Hamburgo.




Um homem de 33 anos foi morto a tiros pela Brigada Militar (BM) após invadir uma loja em Dois Irmãos, na Região Metropolitana de Porto Alegre, durante a noite de quinta-feira (9), agredir uma mulher e fazê-la refém. O nome dele não foi divulgado pela polícia.


De acordo com a BM, o caso aconteceu por volta das 19h, quando a loja recém havia fechado. Funcionárias do estabelecimento comercial, que fica às margens da BR-116, ainda estavam dentro do local e ligaram para a polícia porque o homem estaria jogando pedras e garrafas de vidro contra o prédio.


Antes da chegada da polícia, o homem conseguiu entrar na loja e, armado com uma garrafa de vidro quebrada, perseguiu os funcionários.


Ele conseguiu alcançar uma delas, rendê-la e agredi-la. Nesse momento, a polícia teria chegado e exigido que ele se afastasse para que ela pudesse ser socorrida. Ele manteve a mulher refém e na sua frente. A negociação teria se estendido por 10 minutos até que, no momento em que o homem teria tentado agredir a refém novamente, os policiais atiraram com revólveres contra ele, que morreu no local.


A mulher foi internada no Hospital Municipal de Novo Hamburgo. Ela sofreu ferimentos no pescoço, costas e na lateral do corpo. Seu estado de saúde é estável.


De acordo com o delegado Felipe Borba, responsável pela investigação, o homem teria terminado um relacionamento com uma ex-funcionária da loja, o que teria motivado o crime.


"Ele estava atrás dela, mas ela havia pedido demissão alguns dias antes, pois estava ciente da situação de risco. Nós havíamos pedido medida protetiva em favor dela, contra ele, e o pedido foi aceito pela Justiça. Inclusive, havia um mandado de prisão preventiva contra o suspeito", explica o delegado Borba.


A Polícia Civil afirma que a mulher que o homem fez refém não teria nenhuma relação com ele ou com a ex-companheira.




Fonte: G1 RS






14 comentários:

  1. A policia militar fez ele esquecer da ex namorada!

    ResponderExcluir
  2. A mulher trabalhando é o cara vem pra infernizar a vida dela, agora ela vai tá livre desse traste caixão pra ele ☠️

    ResponderExcluir
  3. Parabens aos irmãos de farda! Total controle no QTH.
    QAP no comando e coringa derrotado ao solo QSL.

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkkkkkkkkkk ah moro...

    ResponderExcluir
  5. A melhor noticia que vi hj, que bom que a mulher vai poder viver em paz agora, cpf cancelado com sucesso parabens aos policiais

    ResponderExcluir
  6. E há quem defenda vermes como esse, que acha ter o direito de tirar dos outros. É vagabundo sim, pelo fato dele não querer trabalhar e querer conseguir no fácil, no rápido.

    ResponderExcluir

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do Blog ou que contenham palavras ofensivas.

Atenção! Comentários relacionados a políticas, perfis com nomes de políticos ou nomes escrotos não serão aceitos.

Tecnologia do Blogger.