GAMBÁ É FLAGRADO SE ALIMENTANDO DE DEFUNTO EM NECROTÉRIO DO RJ

 



O animal foi filmado andando em cima do corpo que deveria estar preservado no local. Em nota, a Polícia Civil lamentou o ocorrido e disse que está tomando providências para que situações como esta não voltem a acontecer.




Um vídeo feito no Instituto Médico Legal (IML) do Rio de Janeiro registrou um gambá andando em cima do corpo de um homem morto, em uma das salas do órgão público. A imagem mostra ainda o animal comendo parte do corpo que deveria estar preservado no local.


A TV Globo teve acesso ao vídeo completo na sexta-feira (6). Contudo, por conta das imagens fortes, o conteúdo não será publicado na integra.


Em nota, a Polícia Civil lamentou o ocorrido. A corporação disse que está tomando providências para que situações como esta não voltem a acontecer.


"A instituição instaurou sindicância para apurar as circunstâncias em que o animal acessou aquele ambiente. O cadáver já havia sido necropsiado e não houve qualquer prejuízo para a elaboração do laudo. Vale reforçar que todos os corpos que dão entrada no Instituto Médico Legal são tratados com respeito e que este vídeo não representa a realidade do local, se tratando de uma situação excepcional e não previsível", dizia a nota da Polícia Civil.



12 comentários:

  1. Estão tomando providências para que o curintiano, ops, gambá não coma mais dentro do IML; a providência é que eles irão deixar o corpo do lado de fora, assim o gambá não come mais dentro do IML.

    ResponderExcluir
  2. Quê local bem preservado hein! KKKK Até um gambá pra deixar aquele cheiro de aroma perfumado no ar. Crl.. kkkk

    ResponderExcluir
  3. e dai?, o cara já estava morto mesmo, deixe que coma a vontade!

    ResponderExcluir
  4. o gritinho me pegou kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. O Rio de Janeiro e sua pérolas njksjks

    ResponderExcluir

PERFIL COM NOME ESCROTO E COMENTÁRIOS IMBECIS, NÃO SERÃO ACEITOS NAS POSTAGENS.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do Blog ou que contenham palavras ofensivas.

Tecnologia do Blogger.