CATADOR DE CASTANHA MORRE ENFORCADO APÓS SOFRER ACIDENTE DE TRABALHO


O trabalhador braçal José Jordão da Silva, de 49 anos, foi encontrado morto dentro da floresta vítima de uma fatalidade.




De acordo com informações, na última quinta-feira, 26, Jordão saiu de casa em uma propriedade rural localizada no km 146 da BR 317, em território do município amazonense de Boca do Acre, para fazer coleta de castanha em um trabalho de extrativismo.

Como é de costume, a coleta da castanha acontece cedo da manhã e termina logo após o meio-dia.


Segundo informações, Jordão reside em Rio Branco, a capital do Acre, e estaria participando dessa coleta visando sustentar a família.

No final da tarde, quando todos se reuniram no barracão, foi notada a ausência de José, então suspeitando que algo de ruim tivesse ocorrido, os amigos se reuniram e entraram na floresta em busca de Jordão.


As buscas foram realizadas até a uma da madrugada de sexta-feira, 27.

No período da manhã, os amigos retornaram para a Floresta em busca do amigo desaparecido, quando se depararam com a pior cena de suas vidas.

José Jordão foi encontrado morto por enforcamento em um acidente de trabalho.


Segundo informações dos amigos, o jamaxim, ou balaio onde os ouriços de castanhas são depositados, teriam caído do trapiche ou burrão (estrutura construída de pedaços de pau) para apoiar o jamaxim enquanto o catador suspende o balão pesado preso a uma tipoia, fixada na testa do carregador.


Ocorre que ao tentar levantar o balão cheio de ouriços de castanha, que chega a pesar entre 80 até 100kg, o saco escorregou e a tipoia prendeu no pescoço da vítima, que não estava com um terçado por perto para cortar a tipoia feita de cipó, findou morrendo enforcado.

O corpo foi levado até o barracão do seringal onde era realizado o extrativismo.


Fonte: Eco da Notícias




13 comentários:

  1. Pô, que azar hein, seu Zé que descanse em paz 😓

    ResponderExcluir
  2. A vida é foda num simples vacilo tu perde ela

    ResponderExcluir
  3. Carregando muito peso com um laço no pescoço. Vc faz cagada e nem pensa no que pode acontecer.

    ResponderExcluir
  4. Que outros trabalhadores do ramo, aprendam a triste lição e tenham uma faca ou canivete consigo.

    ResponderExcluir
  5. Isso que eu chamo de morte estúpida.

    ResponderExcluir
  6. Trágico descanse em paz😔

    ResponderExcluir
  7. Só eu que não entendi como isso aconteceu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só olhar os outro sacos de castanhas, eles soltam o saco nessa prateleira improvisada, mas o Seu Zé teve a infelicidade de o saco escorregar para o outro lado, o saco de castanhas caiu pelo outro lado e acabou por enforcá-lo por conta do peso do saco.

      Excluir
  8. Foi triste,mais tive que levar

    ResponderExcluir

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do Blog ou que contenham palavras ofensivas.

Atenção! Comentários relacionados a políticas, perfis com nomes de políticos ou nomes escrotos não serão aceitos.

Tecnologia do Blogger.