FUNCIONÁRIO DE USINA TEM PERNA AMPUTADA APÓS ACIDENTE COM TRATOR

 



O funcionário de uma usina instalada na cidade de Atalaia, a 50 quilômetros da capital alagoana, sofreu amputação da perna direita após ter o membro esmagado por um trator enquanto trabalhava nesta terça (29).


Segundo relato de testemunhas, o operário trabalhava como tratorista quando prendeu o membro na tomada de força. Nas imagens é possível ver o desespero de colegas tentando socorrê-los além de fêmur exposto. O pé da vítima chegou a ser encaminhado, mas não pode ser reimplantado.


O Hospital Geral do Estado confirmou que a vítima deu entrada na unidade por volta das 11h30. Felipe Jadson da Silva, 32, foi submetido a procedimento para amputação e seu quadro é considerado estável. As circunstâncias do acidente de trabalho devem ser investigados pela Polícia Civil de Alagoas.


Boletim Médico


O Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió, informa que Felipe Jadson da Silva, 32 anos, foi submetido a uma cirurgia para amputação do membro inferior direito e encontra-se na Recuperação Pós-Anestésica (RPA) em estado estável. O paciente chegou ao hospital ontem (29), vítima de acidente de trabalho na cidade de Atalaia.



Fonte: Alagoas 24h



18 comentários:

  1. É difícil, imagina a sdd ir que é, slc quero nem imaginar. 😓

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. se você quer entrar aqui pra ficar sentindo a dor então não e melhor nem vim nesse site, mas se você tem curiosidade sobre o que tem por dentro do corpo do ser humano, então esse vídeo e certo pra você.

      Excluir
    2. Mas sentir dor aonde? Se ele perdeu a perna, como ele vai sentir dor na perna sendo se ele não tem mais ela!

      Excluir
  2. Nem vídeo de desmembramento é pesado desse jeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pra mim nao e pesado so pra voce

      Excluir
    2. Da uma sensação ruim, Uma agonia

      Excluir
    3. não sentir nada kk deve ser por que estou acostumado ver isso....

      Excluir
    4. Eu consumo gore desde os 12 anos, irmão.

      Excluir
  3. Agonia da porra. Dor insuportavel. Cabra nao desmaiou e muito resistente

    ResponderExcluir
  4. Nesse tipo de profissão, mulheres não querem igualdade.
    Talvez o INSS nem aposente ele. Coitado.

    ResponderExcluir
  5. Que bom que tinha alguém segurando a mão do rapaz nessas horas difíceis, sobreviver é o mais importante

    ResponderExcluir

PERFIL COM NOME ESCROTO E COMENTÁRIOS IMBECIS, NÃO SERÃO ACEITOS NAS POSTAGENS.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do Blog ou que contenham palavras ofensivas.

Tecnologia do Blogger.