HOMEM É MORTO DURANTE ABORDAGEM POLÍCIAL EM COROATA

 



Um homem identificado como Sharyder Pedro Deryan de Almeida de Andrade, de 31 anos, morreu na noite desta quinta-feira (22) após uma abordagem policial no centro de Coroatá. O comando da PM falou sobre caso e a versão é contestada pela família do rapaz.


Entenda

Os policiais abordaram Deryan que conduzia uma moto com três crianças. De acordo com o Major Oliveira, a princípio o jovem se mostrou tranquilo, porém pouco depois começou a resistir. A guarnição ainda tentou algemá-lo, mas sem sucesso. Diante da resistência, e segundo o comando, com risco aos policiais, foi necessário o uso de um disparo de arma de fogo, atingindo a perna de Deryan. Segundo a PM, os familiares não permitiram que o rapaz fosse levado para o hospital pela polícia, afirmando que ele seria encaminhado apenas pelo SAMU. Após a chegada da equipe média, foi constatado o óbito.


Sharyder Deryan tinha um mandado de prisão em aberto.


Versão da família

A família desmentiu a versão apresentada pela polícia. Falou em ação covarde e que não houve resistência.


De acordo com os parentes, que irão denunciar os policiais envolvidos, toda a ação foi feita na frente dos filhos de Derain. Inclusive há vídeos com a mãe e os meninos chorando ao lado do corpo do rapaz. 


Nas redes sociais, a irmã de Deryan escreveu sobre o assunto e mostrou sua revolta diante da situação ocorrida.


“Mataram meu irmão covardemente, na presença dos três filhos, abraçado com nossa mãe, sem ele esboçar nenhuma reação. Não houve luta corporal, e nenhum tipo de resistência. O que houve foi uma ação covarde de policiais corruptos”.


O comando do 24º Batalhão da Polícia Militar, como em todos os casos que terminam em óbito, irá abrir um procedimento administrativo para investigar a conduta dos policiais.



Fonte: Coroata Online 




Nenhum comentário:

Perfil com o nome escroto e comentários imbecis, não serão aceitos nas postagens.

Tecnologia do Blogger.