BRIGA POR DIVÓRCIO TERMINA EM MORTE NA TAILÂNDIA

 

Antes de executar o marido a tiros, a mulher tinha sido estrangulada pelo marido e chegou a ficar desacordada.





 No dia 08 de agosto, na Tailandia, a Sra. Tarinya. Kiatniruj, de 40 anos resolveu colocar um ponto final em seu relacionamento. 



 Tarinya foi casada durante quatro anos com o Sr. Supornchai Sae-ng, de apelido Hia Keng, de 39 anos. Durante esse período resolveram assumir uma loja no centro de Pathum Thani. Viviam em brigas e semana passada o clima passou dos limites. Na frente de funcionários, Hia Heng estrangulou sua esposa até quase desacordá-la, humilhada ainda chegou a ser posta para fora da loja. Às 7:30 da manha do dia 08, Tarinya chegou armada e encontrou seu marido ajoelhado na frente de um monge, para quem regularmente ajudava com dinheiro, e lá deu pausadamente, quatro tiros no peito de seu agora ex-marido. O monge, que não era a prova de bala, fugiu no primeiro tiro. Enquanto o Sr Hia Keng morria, ela ainda disse algumas palavras que os funcionários não entenderam. Uma das funcionárias ainda implorou para que ela parasse, mas a dona tava com sangue nos zói. Ela ainda colocou a arma na cabeça simulando suicídio, mas não efetivou. Mais tarde ela foi desarmada por um funcionário da loja, que chegou a amarrar a tailandesa viúva até a chegada das autoridades.





Vídeo do estrangulamento




Execução do marido 



8 comentários:

Atenção! Deixe um comentário nas postagens, as quais os vídeos não estão abrindo para refazer o upload.

Tecnologia do Blogger.