HOMENS ACUSADOS DE SEREM PIRATAS DO RIO SÃO LINCHADOS NO MUNICÍPIO DE JAPURÁ

 


MANAUS – Três homens idenficiados por um grupo de pessoas que estavam no porto do município de Japurá (AM) – a 744 quilômetros em linha reta de Manaus – como “piratas do rio” (assaltantes que usam embarcação para roubar outras embarcações) foram linchados nesta quarta-feira (6). Um deles teve o corpo queimado no meio da rua.


De acordo com informações de moradores do município, um deles se jogou no rio e morreu afogado. O terceiro foi preso e levado à delegacia. Há uma segunda versão do caso dando conta de que um homem fugiu e dois foram linchados, mas apenas um morreu.


À noite, depois de queimarem o corpo de um dos “piratas”, os revoltados queriam invadir a delegacia para retirar o homem preso e dar o mesmo destino do que foi morto na rua, de acordo com relatos nas redes sociais.



Um vídeo divulgado no Facebook pela página “Amazônia, o Melhor da Navegação” mostra o momento em que as pessoas revoltadas retiram um dos homens do barco que estava atracado no porto, e começam a agredi-lo.


“Porto da sede do município de Japurá no Amazonas, onde a violência toma conta da região em meio às disputas por conta do tráfico, garimpo além da pirataria. Diante disso, a população já anda cansada. As mortes acontecem por ali diariamente!”, diz a legenda do vídeo.


A reportagem tentou ouvir a polícia de Japurá, mas não conseguiu contato. A reportagem também não conseguiu a identificação dos homens mortos.



Fonte: Amazonas Atual







9 comentários:

ATENÇÃO!

Comentários imbecis que não tem nada a ver com as postagens, não serão aceitos.

Tecnologia do Blogger.