MELIANTE QUE TENTOU ABUSAR DA PRÓPRIA IRMÃ É EXECUTADO A TIROS NO INTERIOR DO MS

 

Carlos Augusto Teixeira tinha passagens pela polícia por tentar abusar da própria irmã





Carlos Augusto dos Santos Teixeira, de 20 anos, conhecido como "Teixeirinha" foi morto a tiros na madrugada deste domingo, 19 de Junho, entre a rua Dos Pereiras esquina com Jacarandá, no município de Maracaju (MS).


A vítima foi encontrada ao solo em frente de uma residência e já estava sem vida. Carlos estava com um outro jovem, de 19 anos, que também foi atingido na perna.


A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram acionados, mas "Teixeirinha" já estava sem vida. Câmeras de segurança flagraram o momento do homicídio e identificaram o autor.


Conforme as informações do site Da Hora Batagassu, Carlos possuía diversas passagens. Entre elas, uma tentativa de estupro contra a própria irmã e também havia sofrido uma tentativa de homicídio, no qual, a mãe chegou a ser presa em flagrante após realizar um disparo de arma de fogo contra ele ao descobrir o fato.


A Polícia Civil investiga o caso e o autor segue foragido.


Tentativa de homicídio – Uma mulher, de 38 anos de idade, foi presa em flagrante no dia 26 de Fevereiro, após tentar matar a tiros o próprio filho, de 19 anos, no município de Bataguassu (MS).


De acordo com ocorrência, a mulher abordou o jovem e sacou a arma de fogo, efetuando dois disparos que não o atingiram. Um policial de folga, ouviu os tiros e, em seguida, avistou a mulher fugindo.


A Polícia Militar foi acionada e conseguiu localizar a autora dos disparos. A mãe contou que tentou matar o filho, após o mesmo tentar estuprar a própria irmã, de 12 anos de idade. O fato teria ocorrido dois meses atrás.


Na data, ele havia pedido para conversar com a menina próximo ao local dos tiros. Como sabia que ele iria passar pela região, esperou o filho com a arma.


Sobre a arma, a mulher disse que entregou para uma outra pessoa, que fugiu logo após os disparos. Segundo o jovem, a arma era douradas e que a mãe efetuou dois disparos e, que os outros falharam.


A mulher foi encaminhada para Delegacia de Polícia Civil de Bataguassu e foi autuada em flagrante pelo crime de tentativa de homicídio. O caso será investigado e arma até o momento, não foi localizada.


O rapaz tem passagens pela polícia por estupro de vulnerável, porte de drogas, importunação sexual, ato obsceno, furto, lesão corporal.




Fonte: Diário Digital





Nenhum comentário:

Perfil com o nome escroto e comentários imbecis, não serão aceitos nas postagens.

Tecnologia do Blogger.