ADOLESCENTE DE 16 ANOS MORRE APÓS PASSAR MAL EM RAVE E FAMÍLIA DIZ QUE ELA TEVE OVERDOSE DE DROGAS

 


Uma adolescente de 16 anos morreu após passar mal em uma festa rave, realizada no último final de semana, em Vila Velha, na Grande Vitória.


Segundo a família de Adrielly Duarte de Oliveira, a menina teve uma overdose em função do uso de drogas. A Polícia Civil aguarda o resultado de laudos.


O evento do qual Adrielly participava aconteceu na Barra do Jucu e teve início no sábado (23).


Em entrevista à Rede Gazeta, a mãe da jovem, Maria Rosemere Duarte, contou que a filha foi ao local sem o seu consentimento e usou uma identidade falsa para entrar na festa. A mãe não sabe como a menina conseguiu o documento falsificado.


Adrielly era de Governador Valadares, em Minas Gerais, mas estava morando provisoriamente na casa da irmã, em Cariacica, na Grande Vitória.


De acordo com Rosemere, ao liberar o corpo de Adrielly no Departamento Médico Legal (DML), ela foi informada de que havia drogas sintéticas no organismo da menina. Havia sinais de uso de ecstasy e de LSD, conhecido popularmente como "quadradinho".


A forma como Adrielly ingeriu as drogas não foi esclarecida, assim como a causa da morte. A mãe acredita que a filha tenha sido drogada por outra pessoa.




Jovem deu entrada em hospital após passar mal


Adrielly chegou à rave em uma van, junto com outras pessoas. Por volta das 19h do sábado, recebeu uma ligação da mãe e contou para ela que havia ido à festa.


A jovem começou a se sentir mal por volta das 12h de domingo (24) e foi levada ao posto médico do festival.


O relatório pré-hospitalar do atendimento informa que Adrielly chegou acordada e apresentando quadro responsivo. Ela possuía sudorese (suor contínuo decorrente da alta temperatura corporal), fadiga respiratória e baixa presença de oxigênio no sangue.


Na sequência, a jovem foi levada de ambulância, com suporte de oxigênio, para uma unidade de saúde em Riviera da Barra, também em Vila Velha, mas precisou ser transferida novamente, desta vez para o Hospital Antônio Bezerra de Faria, onde morreu.


Adrielly foi sepultada na segunda-feira (25), em Cariacica.




Organização da festa


A organização do Festival Equilibrium, no qual Adrielly passou mal, disse que o acesso ao evento é feito somente por meio de ingresso nominal e com conferência do documento de identificação. Disse ainda que todo o procedimento de entrada foi registrado em imagens.


Os organizadores informaram que a jovem foi socorrida e transferida para uma unidade hospitalar assim que deu entrada no posto de atendimento, a fim de receber tratamento adequado diante da gravidade do quadro.


A Polícia Civil disse que a causa da morte será identificada pelo laudo cadavérico, que está sendo feito. O procedimento foi encaminhado para a Divisão de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM), que aguarda os resultados dos exames.



Fonte: G1 Espírito Santo 


 










Nenhum comentário:

PERFIL COM NOME ESCROTO E COMENTÁRIOS IMBECIS, NÃO SERÃO ACEITOS NAS POSTAGENS.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do Blog ou que contenham palavras ofensivas.

Tecnologia do Blogger.