VÁRIAS MORTES EM ITAJUÍPE NA BAHIA APÓS HOMICÍDIO DE GUARDA MUNICIPAL

 


O diretor da Guarda Municipal de Itajuípe foi morto a tiros na tarde da última segunda-feira (20), no município que fica no sul do estado. Josenito Santos de Oliveira, de 49 anos, estava em uma moto junto com um segurança quando os dois foram atingidos pelos disparos feitos por dois homens.


O segurança, que não foi identificado, sobreviveu e foi levado para o Hospital de Base de Itabuna. Seu estado de saúde é grave.


A Polícia Civil informou que investiga o caso, mas não pode dar mais detalhes até o momento.


A prefeitura de Itajuípe lamentou a morte do servidor e disse que espera que a investigação esclareça os fatos.





13 comentários:

  1. Antes do atual governador aqui do Pará tomar posse, a milícia corria solta aqui em Belém. Bastava matar um agente de segurança, que eles saiam matando de forma indiscriminada, mataram vários inocentes, mataram até mesmo um sargento da Marinha só porque usava tatuagem, e também um estudante de curso preparatório pra PM. Quando esse governo entrou que mudou a cúpula da polícia, começaram a fazer uma investigação pesada, prenderam um monte de PM miliciano e as chacinas e outras execuções caíram 80%. Pode crê que tem agente de segurança nisso ai, mas nem todo mundo tem culhão ou vontade política de acabar com isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ora, só vc acha que tem agente de segurança nisso. É claro que foram a PM e Guarda Civil e tem que passar o cerol mesmo. Uma morte de polícia não pode passar em branco senão os bandidos tomam conta da cidade. Lamento pelo guarda morto mas prefiro que a mãe do ladrão chore do que a mãe do policial.

      Excluir
    2. Ai é que tá o grande problema. Quando a polícia que é o braço armado do estado, que tem o dever de fazer cumprir à lei, age como julgador e executor, morre gente inocente no meio, como os casos que citei, tem muitos mais. Uma coisa é morrer em troca de tiro com polícia, outra coisa é o policial de cabeça virada, bancando o justiceiro, matando quem encontrar pela rua, achando que qualquer um é bandido. Nessa época, até a economia da cidade estava enfraquecendo, pois ninguém tinha coragem de sair pra se divertir à noite. Esse é o efeito da violência indiscriminada, e não tem diferença entre quem comete crime, seja ele civil ou policial.

      Excluir
    3. Vc critica e esbraveja porque foram os policiais, concordo que no meio da "guerra", inocentes sejam atingidos, mas e quando são os bandidos que fazem a chacina? atiram a esmo e matam inocentes do mesmo jeito? isso vc não conta não é mesmo? então sua critica é vazia. E outra coisa, se o povo sabe que os policiais estão atrás dos assassinos, o povo não deve mesmo sair de casa, até eles pegarem os responsáveis pelas mortes de outros policiais.

      Excluir
    4. Cara, o grande problema de entrar nesse tipo de discussão (e é o que me faz ficar por vezes longe desse tipo de debate), é que quem defende a ilegalidade, sempre acha que quem é contra, é à favor de criminoso. Pra mim bandido tem mais é que se F0DER, sou completamente à favor de no mínimo prisão perpétua em caso de crimes hediondos, e num confronto entre polícia e bandido, prefiro 1000x que o bandido leve a pior. Mas o que eu quis dizer, é que a polícia não deve agir como poder paralelo, principalmente com esse comportamento, em que eles saem em carros particulares, encapuzados e sem nenhum tipo de identificação, e o cidadão de bem tem que ficar preso em casa pra eles poderem matar quem eles acham que é bandido. Não estou falando aqui em morte de inocentes em meio à tiroteio entre polícia e bandido, isso pode ocorrer, estou falando de gente que é executada, só porque tem uma tatuagem, ou acham que ele não deve estar na rua na hora que estava e por isso é bandido. Muita gente foi morta sem ter nenhuma passagem pela polícia, inclusive gente que sonhava em ser polícia. Graças à Deus que praticamente acabou isso aqui, até mesmo o número de policiais mortos caiu. Quando trabalho é bem feito, todo mundo ganha!

      Excluir
    5. Voronin, eu já gosto de debate com gente que saiba pensar, argumentar e expor seus pontos de vista. Debate não é troca de ofensas, quem passa a ofender é o perdedor, óbvio. Mas então, voltando a cerne da questão. Concordo em partes contigo, a policia não devia fazer o papel de juiz mas...as leis não funcionam! entende o meu ponto de vista? como querer ser correto num país incorreto, corrupto, onde as instituições estão falidas? Onde o cara correto é o trouxa e quem leva vantagem nas suas costas é o bambam, o esperto? Eu não sou a FAVOR da violência mas for para mudar o país, o comportamento cordato do povo pela violência, eu serei a favor.

      Excluir
    6. Essas pessoas que agem à margem da lei, cometendo execuções, não estão ajudando a melhorar em nada a questão da violência, pois eles estão praticando justamente aquilo que dizem combater, consegue visualizar isso? Além do que, isso se torna uma bola de neve, uma faca de dois gumes que corta dos dois lados. Bandidos matam agentes de segurança, então os agentes de segurança pra vingar a morte de seus colegas, executam bandidos e de quebra, um monte de inocentes por acharem que só por serem de periferias, também são bandidos, então os bandidos se revoltam e se vingam matando mais agentes de segurança, e isso nunca termina, voltamos à idade média. Serviço de inteligência pra quebrar a perna do comando, prender os cabeças em prisões de segurança máxima, isso resolve. Nós temos que fazer nossa parte, exigir que os políticos legislem em favor do povo, mas infelizmente o povo só sai às ruas pra pular carnaval, e os políticos que não tem (na sua grande maioria) vontade política em mudar a situação, não fazem nada.

      Excluir
    7. Por isso que eu digo que o fogo deve ser combatido pelo fogo. Não espere melhorias para esse país a curto e médio prazo, não avançamos como uma sociedade justa e igualitária, o povo é iletrado, inculto, ignorante e totalmente manipulável. Bons exemplos e boa vontade de cidadãos bem intencionados não bastam, é preciso algo drástico como uma guerra civil senão será isso que vemos hoje até o dia em que meus tataranetos nascerem. Esse país não tem jeito. As leis não funcionam aqui, por isso que prender não adianta, já basta ver o ladrão sair da cadeia com menos de um mês e voltar a apontar a arma na cara dos outros, tem cura esse tipo de gente?

      Excluir
    8. Encerro por aqui o debate. Obrigado pelo ponto de vista, respeito e concordo em partes. Abraços.

      Excluir
  2. Esse site é melhor que jornal nacional mil vezes... parabéns pelo excelente trabalho

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!

Comentários imbecis que não tem nada a ver com as postagens, não serão aceitos.

Tecnologia do Blogger.