RUSSO NEONAZISTA ATIROU NA PRÓPRIA CABEÇA PARA NÃO SER PRESO

 



Google Tradutor 


Em Shchelkovo, perto de Moscou, um homem identificado como Pavel Syrtsev, de 30 anos, se matou com um tiro na cabeça. Ele não queria se render aos operativos que vieram para lhe prender. 


O homem era suspeito de porte ilegal de armas. Antes de se matar, Syrtsev acenou com a mão para todos. 


O falecido era neonazista, amava as suásticas e erguia a mão ao sol. O jovem aterrorizou os azerbaijanos em sua cidade natal, Kirov, há dez anos atrás, ele ateou fogo em tendas, albergues e carros.




Nenhum comentário:

Perfil com o nome escroto e comentários imbecis, não serão aceitos nas postagens.

Tecnologia do Blogger.