JOVEM MATA O EX DA NAMORADA A FACADAS DENTRO DE UM BAR EM GOIÂNIA

 


Um jovem de 18 anos, que foi preso suspeito de matar o ex da namorada, em um bar de Goiânia, disse à polícia que não se arrepende do crime. Segundo o delegado Carlos Alfama, o detido demonstrou frieza ao ser questionado sobre o motivo de ele ter matado o rapaz, de 20 anos, com facadas na nuca. Um vídeo registrou o crime.


“Chamou muita atenção a frieza do autor quando questionado se ele teria se arrependido. Ele foi expresso em falar que não se arrependeu, chegando a mencionar que a vítima, na opinião dele, teria merecido o final que teve”, disse.


O g1 tenta localizar a defesa do preso para que se posicione. À polícia, ele confessou o crime e disse que agiu por motivos passionais.


O crime aconteceu na noite de quarta-feira (15), por volta das 22h, no Parque Anhanguera II. O suspeito foi preso na manhã de quinta-feira (16), por volta das 10h30, em uma casa em que seu tio trabalhava como pintor, na capital.


No dia do crime, uma câmera de segurança do comércio registrou quando o suspeito chegou ao bar e viu a namorada junto ao ex dela. O jovem sentou-se à mesa e, em seguida, se levantou e, algum tempo depois, voltou e esfaqueou a vítima por trás. Conforme o delegado, o suspeito disse que agiu por ciúmes.


“O preso nos relatou que, no dia do crime, viu a namorada dele com o ex namorado dela. Então, movido por ciúmes, ele foi até a sua casa, pegou uma faca, do tipo peixeira, voltou ao bar em que ele tinha visto a namorada com o ex namorado dela, e pelas costas, ele desferiu diversas facadas contra a vítima”, disse.


Após o crime, a vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Já o suspeito, que tinha fugido do local do crime, foi localizado no dia seguinte, preso, e levado ao presídio, onde ficará à disposição do poder judiciário. O delegado, da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), disse que irá concluir o inquérito e que ele será indiciado pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil e por traição.


“Agora ele está sendo investigado e indiciado pelo crime de homicídio qualificado pelo motivo fútil e pela traição já que ele desferiu as facadas pelas costas da vítima”, disse.


Fonte: G1






Nenhum comentário:

Perfil com o nome escroto e comentários imbecis, não serão aceitos nas postagens.

Tecnologia do Blogger.