INDIVÍDUO QUE MATOU SEGURANÇA DE FARMÁCIA EM VARGEM GRANDE EM 2018 É EXECUTADO A TIROS EM COROATÁ

 


O indivíduo identificado como Jucimar Silva de Sousa, conhecido no mundo do crime como Isopor, foi executado a tiros na noite deste sábado (18) no povoado Farinha Seca, zona rural de Coroatá/divisa com Pirapemas. Ele recebeu pelo menos três disparos, que atingiram a testa, o abdômen e a perna.


Para quem não lembra, Isopor residia no povoado Macaúba e era um elemento de alta periculosidade, tendo diversas passagens pela polícia por latrocínios, homicídios, assaltos e furtos nas cidades de Coroatá, Vargem Grande, Pirapemas, dentre outras da região.


Em junho de 2018, ele e seu irmão, identificado como Juciel Silva de Sousa, assassinaram o segurança de uma farmácia localizada no bairro Baixa Grande, em Vargem Grande. A vítima Francisco das Chagas Veras, conhecido como Chico, morreu com um tiro no pescoço, segundo apontou a polícia na época.


Dias depois, ainda no mês de junho, os dois foram apontados como autores de uma tentativa de homicídio contra um empresário e sua esposa. Reveja como tudo aconteceu na reportagem do saudoso José de Fátima.


Fonte: Blog do Alpanir




5 comentários:

  1. Vai ser feio lá no inferno!
    E ele foi mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Tadinho do ladrão, não precisa matar esse lambisgoio né? quem vai aterrorizar os moradores agora?

    ResponderExcluir
  3. Viu só meu camarada a conta chegou, já foi tarde esse nojento.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.