CADEIRANTE SENDO FUZILADO POR POLICIAIS NO ARIZONA

 


Google Tradutor 



TUCSON, Arizona (AP) - Um policial de Tucson foi demitido após ser acusado de atirar nove vezes em um suspeito de furto em uma cadeira de rodas, matando-o, depois que o homem brandia uma faca, disseram as autoridades na terça-feira.


A polícia anunciou em uma entrevista coletiva que o policial Ryan Remington estava sendo demitido por uso excessivo da força.



As autoridades disseram que Richard Lee Richards, 61, morreu no local, e o tiroteio foi gravado na câmera corporal de Remington.


O chefe da polícia de Tucson, Chris Magnus, disse que estava "profundamente perturbado e preocupado" com as ações de Remington e que o caso está sendo analisado pelo Ministério Público do Condado de Pima.


“Seu uso de força mortal neste incidente é uma violação clara da política do departamento e contradiz diretamente vários aspectos de nosso uso de força e treinamento”, disse Magnus.



A prefeita de Tucson, Regina Romero, disse em um comunicado que as ações da Remington foram “inescrupulosas e indefensáveis”, e o Ministério Público do Condado tem seu total apoio enquanto prossegue com sua investigação.


O advogado de Tucson, Mike Storie, que está representando a Remington, disse em um comunicado que seu cliente “não tinha opções não letais”.


“Ele tinha um taser, mas em sua mente não podia usá-lo porque achava que não tinha a extensão adequada para implantá-lo, com a cadeira de rodas entre ele e Richards”, disse Storie.


Magnus disse que Remington, um veterano de quatro anos, estava em uma "missão especial, basicamente uma equipe de segurança" na loja do Walmart no Midvale Park Shopping Center na noite de segunda-feira.


Um funcionário de prevenção de perdas do Walmart disse à Remington que um homem em uma cadeira de rodas motorizada supostamente roubou uma caixa de ferramentas da loja.


De acordo com a polícia, Remington e o empregado da loja seguiram o homem para fora e pediram um recibo.


Richards teria dito "Aqui está meu recibo", sacou uma faca e continuou se movendo em direção a uma loja de materiais de construção próxima.


Remington supostamente ordenou que Richards largasse a faca e não entrasse na loja, mas o suspeito ignorou o policial antes de ser mortalmente baleado e cair da cadeira de rodas.




35 comentários:

  1. N vou opniar mas eu só consigo pensar em 2 coisas q poderiam ter vindo na cabeça desse policial na hora

    1. Outra arma
    2. Terrorismo ou algo do tipo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eles estivesse pensando isso, ele não teria se aproximado tanto. Já vi vários vídeos em que o policial mantém distância por um bom tempo, mesmo o suspeito estando baleado. A verdade é que policial americano, tem o dedo muito mais leve do que o brasileiro, basta o sujeito coçar o rosto, pra ele sentar o dedo.

      Excluir
    2. Óbvio, não dá merda pra eles, lá eles não defendem vagabundo igual no Brasil.

      Excluir
  2. Os Americanos são pokas ideia kkkkkkkkkkkkkjjj

    ResponderExcluir
  3. ladrao se da mal em todo canto

    ResponderExcluir
  4. Esse video de ação polícial me lembrou um canal do Yt, "PoliceActivity" o nome, só tem video desse naipe

    ResponderExcluir
  5. Nunca vi uma policia tão emocionada igual à dos estadunidenses, qualquer coisa é motivo pra peneirar alguém, parece que as armas tasers deles são pra ficar de enfeite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pq vc fica uma semana na polícia trabalhando para ver ?

      Excluir
    2. Pq vc fica uma semana na polícia trabalhando para ver ?

      Excluir
  6. Nem deu tempo de correr 😔

    ResponderExcluir
  7. Lá e bom pq a população não defende vagabundo

    ResponderExcluir
  8. Meu deus do céu que porra de polícia é essa? vai lá dar muito poder para a polícia... se coçar o saco é peneirado, independente de ser deficiente ou não e.e

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lugar de bandido é no caixão
      Assim ninguém rouba mais

      Excluir
    2. Depende do meliante, esse cadeirante n era santinho.

      Excluir
    3. poucas ideia pra esses ladrãozinho de merda, pm dos eua nao tem folga não, é bala meu parceiro

      Excluir
  9. Policias hijos de putas en todos los paises

    ResponderExcluir
  10. O policial norteamericano seguiu a cartilha da academia: primeiro mata, algema o defunto e, depois, o interroga.

    ResponderExcluir
  11. Algemar um cara morto é foda hein kk, o cara e cadeirante e ainda tomou 9 tiros, como ele iria correr ? Kkkk

    ResponderExcluir
  12. O cana tava com raiva teu muitos tiros no cadeirante

    ResponderExcluir
  13. As flores q estavam lá devem ter manchado de sangue ... Poético

    ResponderExcluir
  14. Ainda bem que ele atirou só pra imobilizar a vítima kk vai que o cara reagia ... kkk

    ResponderExcluir
  15. Desnecessário pra caralho

    ResponderExcluir
  16. Não entendi o motivo de algemar um cadeirante que acabou de levar 10 tiros! 😂😂😂

    ResponderExcluir
  17. Os cara e muito ruim mano, era um cadeirante era so pega a faca dele, mas ñ qualquer coisa e motivo para larga o aço no cara.

    ResponderExcluir
  18. O diabo desses policial nos EUA só quer saber de matar, os indefesos negros, cadeirantes,crianças, nada diferente dos nazistas.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.