NOVA REBELIÃO EM PRESÍDIO NO EQUADOR DEIXA 58 MORTOS

 


Pelo menos 58 detentos morreram em enfrentamentos que começaram na sexta-feira (12) na mesma penitenciária de Guayaquil, sudoeste do Equador, que em setembro foi cenário de um dos maiores massacres carcerários da história da América Latina, com mais de 100 mortos.



Neste sábado (13), a comandante da polícia, general Tannya Varela, informou em entrevista coletiva que 58 presos morreram e outros 12 ficaram feridos em confrontos envolvendo gangues vinculadas ao narcotráfico.


A rebelião começou na sexta-feira na penitenciária de Guayas 1, em Guayaquil, onde 119 detentos morreram em outro motim em setembro. Agora, os presos tentaram invadir um pavilhão efetuando disparos e com o uso de explosivos.






3 comentários:

ATENÇÃO!

Comentários imbecis que não tem nada a ver com as postagens, não serão aceitos.

Tecnologia do Blogger.