MULHER MORRE APÓS SER ATROPELADA POR VIATURA DA PM EM ANCHIETA-RJ

 


Uma mulher morreu após ser atropelada durante perseguição envolvendo a Polícia Militar e criminosos em Anchieta, na Zona Norte do Rio. O caso ocorreu na manhã desta terça-feira (9). Segundo moradores, Maria dos Santos Silva, de 58 anos, foi atingida por uma viatura da Polícia Militar, que estava em alta velocidade.

Conhecida por familiares e amigos como Zezé, ela estava a caminho de uma padaria. Ela trabalhava como auxiliar de limpeza em uma universidade, mas estava de folga para realizar exames de rotina.

Maria chegou a ser levada para Unidade de Pronto Atendimento Juscelino Kubitschek, em Nilópolis, na Baixada Fluminense, no entanto já chegou sem vida no local.

De acordo com a amiga de Maria, a professora municipal Dulcinéia Prazeres da Silva, os policiais militares só decidiram levar Zezé para a unidade após a insistência de parentes e vizinhos da vítima. 

Ainda segundo Dulcinéia, a família de Maria está muito abalada e pede justiça. O irmão dela chegou a ser encaminhado para a UPA de Marechal Hermes, já que passou mal ao receber a notícia sobre o que ocorreu.

A professora conta que a amiga fazia parte de um projeto social que distribuía quentinhas para pessoas em situação de rua na capital fluminense.

Maria deixa filhos e netos. Ainda não há informações sobre o enterro dela. Procurada, a Polícia Militar informou que policiais militares estavam em patrulhamento no bairro Paiol de Pólvora, em Nilópolis, quando foram atacados por homens armados próximo ao limite entre a cidade da Baixada e o município do Rio. 

Em nota, a PM confirmou o acidente durante a ocorrência e que o batalhão está prestando apoio aos familiares da vítima. A Polícia Civil investiga o caso.






Nenhum comentário:

ATENÇÃO!

Comentários imbecis que não tem nada a ver com as postagens, não serão aceitos.

Tecnologia do Blogger.