HOMEM MATA IRMÃ E TIA A FACADAS EM GOIÂNIA

 


Vídeo mostra o momento em que vizinho encontra os corpos das vítimas dentro da casa e quando o suspeito briga com um homem no meio da rua


 Um homem de 37 anos é suspeito de matar a irmã e a tia a facadas dentro de casa, em Senador Canedo, na região metropolitana da capital goiana. O crime ocorreu na manhã desta sexta-feira (26/11).


Um vizinho da família foi quem encontrou os corpos das vítimas dentro da residência, localizada no Residencial Marília. O suspeito saiu armado pelas ruas da cidade e chegou a brigar e tentar esfaquear um homem que tentou contê-lo.


A irmã tinha 31 anos de idade e a tia estava com 60 anos. A identidade das vítimas ainda não foram divulgadas pela polícia. Já o suspeito foi identificado como Pedro Rosário Leite.


Uma criança que estava no interior da casa, que seria sobrinha dele, foi encontrada com vida e sem ferimentos. Trata-se de um menino, que seria filho da irmã assassinada.



Os vizinhos ouviram os gritos de socorro e o barulho da discussão que Pedro teve com a irmã e a tia, antes de supostamente matá-las. O vizinho que entrou na casa logo após o ocorrido fez o registro em vídeo e mostrou o corredor do imóvel com marcas de sangue no chão.


Segundo a Polícia Militar de Goiás (PMGO), o homem que aparece no vídeo sendo atacado pelo suspeito no meio da rua é um pedreiro. Ele ficou ferido, foi levado ao hospital e passa bem.


Abordagem e prisão


Uma viatura da PM que fazia patrulhamento na região encontrou Pedro na rua, ainda armado com uma faca, e fez a abordagem, antes de saber que ele era o responsável pela morte das duas mulheres.



O homem reagiu à ação dos policiais e recebeu um tiro na perna. Após ser imobilizado e capturado, ele foi encaminhado para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), onde recebe atendimento médico.


O tiro o atingiu na perna direita e a avaliação médica aponta estado geral de saúde estável, até o momento. O Instituto Médico Legal (IML) e a Polícia Civil de Goiás (PCGO) estão no local do crime.


Fonte metrópoles





17 comentários:

  1. Imagina o trauma que esse menino vai ter ... pqp... verme maldito

    ResponderExcluir
  2. Puts, muita insanidade. Tomara que o guri não tenha doenças psicossomáticas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. psicossomaticas ?? nao seriam psiquiatricas ??? geraçao paulo freire aparecendo

      Excluir
    2. doenças psicossomáticas, ou transtorno de sintomas somáticos, são condições provocadas por alterações emocionais e que causam sintomas físicos como dor, falta de ar, coração acelerado, tremores

      Excluir
    3. Coisa de fraco, melhor dizendo.

      Excluir
  3. Esses Brasil tá cheio de vermes se louco 😛
    Ainda bem tô bem longe kkk

    ResponderExcluir
  4. mds, se eu ver uma pessoa morta eu acho que desmaio

    ResponderExcluir
  5. Tem que fazer justiça com as próprias mãos e mata de porrada desse covarde

    ResponderExcluir
  6. Que insanidade meu, slc muita crueldade.

    ResponderExcluir
  7. ele teve conciencia doq tava fazendo, n machucou a criança

    ResponderExcluir
  8. Ele tentou cometer o "suicide by cop", pena que a polícia de goiás não é carniceira, se fosse no nordeste/norte os milicos já teriam feito dele uma peneira. Além do mais não irei julgar talvez ele fosse vítima de algum abuso psicológico. Rosto bonito não é sinônimo de bondade, eu mesmo já sofri muito abuso psicológico da minha irmã mais velha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não julga o esfaqueador mas já faz imagem estereotipada da polícia né? bem imparcial vc.

      Excluir
    2. Não é estereótipo, a polícia realmente sai por aí cometendo chacinas por corporativismo profissional, basicamente os membros desta instituição usam ela como exército pessoal deles. E sabe qual a melhor parte? os policiais de "bem" participam dessas chacinas por ordens de seus superiores, afinal se foi ordem da instituição é permitido, né? no nazismo era a mesma coisa e nem por isso é certo. Isso sem falar dos policiais corruptos.

      Excluir
  9. Sla vendo vídeos assim mais sustento a opinião que e imoral pessoas com famílias filhos etc não saberem defesa pessoal atendimentos de primeiros socorros reanimação técnicas essenciais msm, a sorte e q a criança não foi morta tbm sla as mulheres tavam em duas mas sendo mais fracas dava pra fazer alguma coisa

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!

ATIVE OS COOKIES DO SEU NAVEGADOR PARA PODER COMENTAR NO SITE.

Comentários anônimos não serão aceitos.
Coloquem um nome antes de comentar.

Tecnologia do Blogger.