JOVEM É ASSASSINADA EM CIMA DA CAMA PELO PRÓPRIO MARIDO



Mais um crime de feminicídio foi registrado ontem (24), no Pará, onde as ocorrências desse tipo vêm se repetindo com certa frequência, principalmente no interior do Estado, deixando órfãos crianças e adolescentes, pois a maioria dos casos envolve casais em conflito, em que a mulher é morta e o homem acaba na cadeia.


A vítima desta vez foi a jovem Pâmela Santana, de 22 anos, mãe de dois filhos, que foi encontrada morta na noite deste domingo (24), em cima da cama de sua casa, no Bairro Açaizal, Distrito de Serra Pelada, município de Curionópolis, na Região Carajás, sudeste paraense.

De acordo com informações preliminares, a perícia criminal esteve no local do crime fazendo os levantamentos e notou que a mulher não tinha ferimentos de faca ou bala pelo corpo e provavelmente foi assassinada por estrangulamento. O corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal de Marabá para necropsia.

O companheiro da mulher, Manoel Pereira, o “Maçula”, foi apontado como principal suspeito pelo crime, pois está foragido. A Polícia Civil começou as investigações logo que o corpo da jovem foi encontrado pelo pai dela, Jonas Barbosa.

Ele disse que ficou preocupado porque a filha não atendia o celular, foi até a casa em que ela morava, arrombou a porta e encontrou a filha morta, coberta por um lençol, em cima da cama. A Polícia Civil apurou que antes do crime, Maçula deixou um dos filhos do casal com uma amiga da vítima, dizendo que os dois iriam viajar. O outro filho do casal ficou em outro local.

Pâmela Santana morava na Serra Pelada desde a infância e era muito conhecida na comunidade, que ficou abalada com o crime. Populares informaram que o suspeito foi visto carregando duas malas e ao ser questionado sobre o paradeiro da companheira, disse que ela teria ido para Parauapebas.


Fonte: Ver o Fato.










Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.