CRIANÇA E DOIS HOMENS SÃO BALEADOS POR POLICIAIS MILITARES EM HIDROLÂNDIA-CE

 


Um dos homens perdeu o olho direito, o outro corre o risco de ficar paraplégico. O menino está internado com a bala alojada no pescoço.


Uma criança e dois jovens foram baleados por policiais militares enquanto saíam de um campo de futebol na noite de sexta-feira (9) em Hidrolândia, no interior do Ceará. De acordo com a família, um dos homens perdeu o olho direito, e o outro corre o risco de ficar paraplégico. Já o menino, de dez anos, está internado com a bala alojada no pescoço.


Devido ao tiro, o menino de 10 anos também fraturou a mandíbula. Ele permanece internado, em observação, à espera de cirurgia em um hospital de Fortaleza.


Ao Diário do Nordeste, uma parente de uma das vítimas (identidade preservada) e amiga das demais relatou que a irmã da criança - grávida de gêmeos -, o namorado dela e dois amigos do casal levaram o menino a um campo de futebol da cidade para estourar bombinhas de São João. 


Quando estavam indo embora, já no carro, os cinco foram surpreendidos por disparos de arma de fogo efetuados por homens da Polícia Militar. No primeiro momento, contou a familiar, eles não perceberam que se tratava de uma equipe da PM, "porque a sirene da viatura estava desligada". 


Sobre o caso, a Polícia Militar informou que a composição foi acionada para atender uma ocorrência de disparos de arma de fogo efetuados por indivíduos que estariam em um carro escuro. Um veículo, com as mesmas características repassadas, foi localizado trafegando com os faróis desligados no bairro Nova Hidrolândia, de acordo com o relato da equipe.


Os policiais envolvidos no caso já foram afastados de suas funções. Neste domingo (11), o governador Camilo Santana afirmou que determinou "rigor absoluto na investigação, bem como à secretaria de Proteção Social apoio às vítimas".


Fonte do texto: Diário do Nordeste.




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.