HOMEM MATA DUAS PESSOAS E COMETE SUICÍDIO APÓS SER DEMITIDO

 


GOOGLE TRADUTOR 


Após ser despedido do emprego, um ex-funcionário da empresa Degasa, localizada no município de Jiutepec, Morelos, atirou em dois seguranças, um homem e uma mulher, e posteriormente suicidou-se.


Os fatos ocorreram na tarde desta segunda-feira na casa de guarda da empresa, localizada na Cidade Industrial do Vale de Cuernavaca (Civac).


Relatórios policiais indicam que por volta das 17 horas o ex-segurança chegou à fábrica, onde foi recebido por seus ex-colegas, a quem atirou com uma pistola.


O agressor passou pela portaria e caminhou pelo pátio da empresa.


Ele cumprimentou outros trabalhadores e depois subiu um lance de escada na direção dos escritórios de Recursos Humanos, provavelmente para procurar o responsável.


O homem atirou em vidro, apontou para outros funcionários e, segundos depois, tirou a própria vida.


Imagens da câmera de videovigilância do estande mostram o momento em que o homem chega com um capacete de motociclista e uma mochila, que coloca sobre uma mesa.


A mulher sai por uma porta e nesse momento o agressor saca a arma e atira no peito dela.


Quando a mulher cai no chão, o agressor atira em seu ex-companheiro, que tenta escapar do ataque sem sucesso.


O segurança morreu no local e a mulher ficou ferida, porém, ela morreu nesta terça-feira em um hospital devido à gravidade de seus ferimentos.


Após o fato, os operários da fábrica foram evacuados e a área protegida pela Polícia de Morelos e pela Guarda Nacional.


Minutos depois, elementos da Procuradoria-Geral da República chegaram para fazer os respectivos laudos periciais e levantar os corpos dos dois homens que morreram no local.


Até o momento as autoridades não divulgaram informações sobre o ocorrido, embora se especule que poderia ser uma vingança contra o encarregado de Recursos Humanos pela demissão.




6 comentários:

  1. Nossa véi, os seguranças não tinham anda a ver, só estavam fazendo o trabalho deles :(

    ResponderExcluir
  2. Nossa véi, os seguranças não tinham nada ver, só estavam fazendo o trabalho deles :(

    ResponderExcluir
  3. No odio o cara não pensa, ainda mais nessa crise ai e acaba sendo demitido:/

    ResponderExcluir
  4. Mano pra que fazer isso? Essas pessoas só tava trabalhando:/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.