DUAS MULHERES SÃO BRUTALMENTE ASSASSINADAS NA VENEZUELA

 


GOOGLE TRADUTOR 


Mortos e esquartejados: Isso seria o que aconteceria com uma professora e uma dona de casa em Barlovento

 


 Duas mulheres, respectivamente identificadas como Glendy Teresa Castillo, 48 anos, e Yanir Coromoto Burguillos (33), foram assassinadas na madrugada deste domingo, 16 de maio, por diversos tiros, posteriormente desmembradas e os restos mortais espalhados no povoado Cumbo, município de Andrés Bello, no estado de Miranda.

 

 Segundo a reportagem do jornalista Román Camacho, as duas vítimas encontravam-se dentro de suas casas quando indivíduos que fazem parte de um grupo criminoso -que mantém o setor de Barlovento assediado- entraram violentamente e dispararam várias vezes até matá-los, então e com um faca começou a desmembrá-los.

 

 Algumas partes dos corpos desmembrados, diz a reportagem das redes, foram levadas para a Plaza Bolívar e a Plaza de la Iglesia Católica de Cumbo como um suposto sinal de alerta aos moradores.

 

 Entre as hipóteses, presume-se um ajuste de contas, ou seja, que as duas senhoras pudessem denunciar os integrantes da quadrilha e, por isso, agiram contra eles.

 

 Camacho explicou que Glendy Teresa Castillo trabalhava como professora, enquanto Yanir Coromoto Burguillos era dona de casa.

 

 Detetives do Corpo de Investigações Científicas, Criminais e Criminais (Cicpc) iniciaram investigações para apurar as causas do evento e encontrar a localização dos criminosos.




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.