O ex-prefeito de Bayeux e ex-deputado estadual da Paraíba Expedito Pereira (MDB) foi morto após ser baleado na manhã desta quarta-feira (9) em João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar, Expedito andava sozinho pelo bairro de Manaíra quando um homem em uma moto se aproximou e atirou nele, fugindo em seguida. Até as 10h, a polícia fazia rondas pela região, mas ninguém foi preso.


O crime aconteceu às 9h13 e foi registrado por imagens de câmeras de segurança de residências na Avenida Sapé. Nas imagens é possível ver quando Expedito entra na avenida, seguido pelo suspeito.


Ao entrar na rua, o suspeito, de moto, para na esquina, se aproxima da vítima, saca a arma e atira. Em seguida, o suspeito guarda a arma e vai embora. O ex-prefeito de Bayeux não resistiu ao ferimento e morreu ainda no local.


Conforme o tenente Thierry, da Companhia Especializada de Apoio ao Turismo (Ceatur), a polícia descarta a possibilidade de asalto. “Ao que tudo indica, não foi tentativa de assalto. O suspeito não desceu da moto para tomar nenhum pertence da vítima. Ele atirou e foi embora e agora estamos buscando informações para tentar entender o que aconteceu”, disse o tenente em entrevista à CBN Paraíba.


Expedito Pereira tinha 72 anos e era médico gastroenterologista e clínico geral. Foi vereador de Bayeux e prefeito do município por quatro vezes. Também foi ex-deputado estadual da Paraíba.


Fonte: G1










Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.