CORPO DE UMA X-9 FOI ENCONTRADO PENDURADO E ESTRIPADO

Esse caso aconteceu em abril desse ano, em
Las Palmitas, uma comunidade ao sul de Valência na Venezuela.


Por volta das 2:30 da manhã Carolina Del Valle Rodríguez (38) estava em sua casa quando foi surpreendida por vários homens armados. Eles a atacaram com pistolas e com uma arma branca abriram o peito. Alguns de seus órgãos foram expostos. Eles a decapitaram.

Ao amanhecer, os moradores de Tierra Bolivariana localizaram o corpo de Carolina em um poste na avenida principal daquele bairro. Ela estava nua e a sua cabeça estava pendurada nos fios de energia. Perto havia uma mensagem forte que por sua vez, disse: "Nós não queremos sapos aqui e indo para cada uma dessas fofocas Las Palmitas, que não sabem as conseqüências que os traz de sapo pirobo". De um lado da folha o nome do grupo que é atribuído ao assassinato, eles se chamam de "a organização mmgv".




De acordo com algumas fontes, Carolina - supostamente - passou informações a um oficial da Polícia de Carabobo estacionado no comando de Los Bucares, a quem eles também nomearam na carta, referindo-se a "Charlis".


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.