MANIFESTANTE MORRE AFOGADO APÓS PULAR EM UM RIO NA ÍNDIA


Um manifestante identificado como, Kakasaheb Shinde, de 27 anos, morreu após saltar de uma ponte sobre o rio Godavari, em Aurangabad na Índia, durante um protesto. O homem chegou a ser levado às pressas para um hospital onde foi declarado morto.

A morte de Shinde desencadeou uma nova série de protestos em várias partes de Maharashtra, com os líderes da oposição buscando colocar a ONU sobre o governo liderado pelo BJP no estado.

O líder Maratha Kranti Morcha pró-reserva, informou que ele e o seu grupo vão continuar com a agitação em todo estado,  até que o ministro chefe, Devendra Fadnavis, pedisse desculpas à comunidade. Maratha fez um pedido de desculpas por alguns membros da comunidade que estavam planejando a violência na cidade de Pandharpur, no distrito de Solapur, onde o ministro chefe estava programado para realizar uma reunião em um templo em 'Ashadhi Ekadashi'.

A equipe que liderou o protesto 'jal samadhi', no qual a que Shinde morreu, estavam em busca de reserva para a comunidade em empregos e educação do governo. Nos últimos dias, vários protestos ocorreram em Buldhana, Akola, Parali, Washim e até mesmo em Mumbai.

Confira o vídeo completo.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.