MAAB UMA GAROTA DE 10 ANOS QUE FOI BRUTALMENTE ESPANCADA E ASSASSINADA PELO PRÓPRIO PAI

Um homem iemenita foi acusado em janeiro de 2015 pela tortura brutal e assassinato de sua filha de 10 anos, Maab, no que parece ter sido um assassinato de honra.


Ao longo de vários dias o pai bateu, queimou e lhe cortou com objetos afiados, tudo isso para fazer a sua filha confessar que ela teria feito sexo com um homem. As lesões da tortura foram encontradas em seu rosto, frente, costas e pernas.


O pai da menina, Nouh Ali Saleh Al Yemeni, de 33 anos, havia se divorciado há seis anos e tinha outras três filhas com a mesma esposa. Ele havia tomado a custódia das três filhas, mantendo Maab com ele e enviando as duas menores para os parentes. Ele disse aos tribunais que tinha certeza de que sua ex-mulher estava prostituindo Maab. Três médicos distintos concluíram que a menina ainda era virgem, mas o pai não estava convencido.

Quando ele foi preso, ele prontamente admitiu de ter torturado e assassinado sua filha, mas que ele tinha feito isso para proteger a "honra da família". No tribunal, ele ainda se recusou a acreditar que a menina ainda era virgem.

Na noite de 26 de dezembro de 2014, Nouh levou sua filha maltratada com ele para visitar alguns parentes (onde as outras duas filhas estavam vivendo). Os parentes não mencionaram nada sobre a condição de Maab, então ela pode ter ficado dentro do carro.

Quando escureceu, Nouh foi embora com Maab. Assim que ele desceu do carro, ele sacou sua arma e fez dois disparos pelas costas de Maab. Assim que ela caiu ele fez outros disparos  no peito e no rosto, e em seguida ele jogou o corpo em um penhasco.


O corpo da menina morta foi rapidamente descoberto por pastores locais que estavam pastoreando ovelhas bem próximo do local onde o corpo de Maab foi desovado. Eles procuram as autoridades e relataram a descoberta para a polícia, o pai da garota foi preso horas depois.




        

Atenção os vídeos a seguir contém cenas fortes.


O segundo vídeo mostra um slide de fotos.


7 comentários:

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do Blog ou que contenham palavras ofensivas.

Atenção! Comentários relacionados a políticas, perfis com nomes de políticos ou nomes escrotos não serão aceitos.

Tecnologia do Blogger.