A MORTE DO PILOTO KEVIN WARD JR

 O piloto de carro de corrida de 20 anos, foi morto, depois de ser  atingido na pista, pelo carro que era pilotado  por Tony Stewart, a estrela da NASCAR.


O acidente aconteceu de forma chocante. Ao fazer uma curva de alta velocidade, Ward se chocou com o muro após ter sido tocado exatamente por Stewart, que perdeu o ponto de freada. Até aí, nada de grave havia acontecido. Entretanto, em vez de permanecer no carro para esperar a paralisação da corrida, ele saiu do veículo e passou a caminhar pela pista, protestando por causa do acidente.

Pelo menos cinco carros passaram rente ao piloto, externando o perigo do que estava acontecendo. No sexto, não teve jeito. A bordo do veículo 14, Tony Stewart, que já havia completado uma volta inteira, não conseguiu desviar de Ward e acabou o atropelando. O choque foi tão forte que o piloto foi lançado cerca de 15 metros para frente. Então, um carro de resgate entrou na pista, e os médicos tentaram socorrê-lo – sem sucesso.


De acordo com o chefe policial Philip Povero, Tony Stewart teve “total cooperação” no resgate de Ward e se mostrou “extremamente chateado” com o que tinha acontecido. Ele participaria normalmente da etapa de Watkins Glen da Nascar neste domingo, mas depois, informou que não iria mais à pista. O acidente, por sua vez, será investigado – não será uma investigação penal -, mas especula-se que, por ter usado um macacão preto e a pista estar mal iluminada, Ward tenha ficado "camuflado" no circuito.


            

Nenhum comentário:

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do Blog ou que contenham palavras ofensivas.

Atenção! Comentários relacionados a políticas, perfis com nomes de políticos ou nomes escrotos não serão aceitos.

Tecnologia do Blogger.