CADEIRANTE ACUSADO DE SER UM PEDÓFILO SENDO EXECUTADO A TIROS

O vídeo mostra o assassinato de um cadeirante, ocorrido dentro da casa onde ele morava no município de Simões Filho. Eduardo Santos Silva, de 42 anos, foi encontrado com marca de tiro no rosto.


 Segundo informações que circulam nas redes sociais, ele teria sido executado após ser acusado de pedofilia.

 Um vídeo que supostamente mostra a execução de Eduardo Santos Silva. Numa versão das imagens, de apenas 8 segundos, um homem cadeirante admite a culpa por um fato que não fica claro.

Eu errei. Errei porque me deixei levar pela aparência. Como todo mundo erra, eu errei diz o cadeirante.

Uma outra versão do vídeo, que dura 48 segundos e não tem áudio, mostra a suposta execução do homem com um tiro no rosto. A ação teria sido filmada por um segundo suspeito.

Sites locais e as próprias descrições dos vídeos que estão sendo divulgados afirmam que Eduardo foi executado após confessar casos de pedofilia.

O homem teria perdido o celular e nele foram encontradas fotos e vídeos de possíveis vítimas. As imagens começaram a ser compartilhadas pelas redes sociais e tiveram grande repercussão na cidade.

Confira o vídeo completo abaixo.





5 comentários:

Tecnologia do Blogger.