LUÍS ALFONSO LEÓN PEREIRA O PADRE QUE FOI ASSASSINADO DENTRO DA IGREJA


Padre Luis Alfonso, "Padre León" nasceu em Charalá, Santander, em 25 de fevereiro de 1939, ingressou na Diocese de Montería em 1966, depois de ter completado seus estudos teológicos.


Ele foi ordenado sacerdote em 8 de dezembro de 1967; Monsenhor Miguel Antonio Medina, nomeou a vigário paroquial em Nossa Senhora de Fátima de Monteria e diretor espiritual do Seminário Menor de São José nesta cidade.

Durante muitos anos foi Reitor do Seminário Menor Juan XXIII.


Realizou seu ministério sacerdotal na paróquia San Carlos Borromeo, no município de San Carlos e nas paróquias de San José Obrero, María Madre de la Iglesia, San Luis Beltrán, San Pablo Apóstol, a Imaculada e a Catedral, na cidade de Montería. Atualmente, estava ministrando no Centro Paroquial de San Antonio de Padua nos setores de Bonanza, Villa Sorrento, Santa Teresa, Villa Natalia, El Limonar, Mi Refugio, Veneza e foi anexado à Paróquia de San José Obrero.

É reconhecido na cidade de Monteria e no departamento de Córdoba por seus vínculos com educação e mídia, esportes (ciclismo), touradas, medicina como homeopata, aviação e política como prefeito cívico. de Montería no período 1995-1997.

A morte o surpreendeu na quarta-feira, 15 de julho de 2015, na sacristia do templo de Maria Mãe da igreja vizinha de Sucre, Monteria, enquanto se preparava para celebrar a Sagrada Eucaristia.

Atenção! O vídeo a seguir contém cenas fortes.






O CRIME

Embora as autoridades não tenham dado a conhecer a hipótese das causas do crime, testemunhas disseram que dias antes do crime,  o padre León Pereira impediu um assalto dentro da igreja, algumas pessoas presumem que o assassino poderia ser a mesma pessoa.


O suspeito seria um morador de rua que vivia próximo da região do crime.
Por vários segundos, o sem-teto atacou Leon Pereira,  com um gargalo de garrafa, causando vários cortes pelo corpo, um  dos golpes fatal atingiu na região pescoço. 
O assassino tentou fugir enquanto outras pessoas chegaram no local para socorrer o padre que ainda se encontrava com sinais vitais e pedindo ajuda.

As pessoas que estavam próximos ao local começaram a perseguir o morador de rua, minutos depois ele foi alcançado e detido pela população revoltada.
Enfurecidos eles arrastaram o assassino pela rua com a intenção de amarrá-lo em uma árvore e em seguida matá-lo, mas naquele momento a polícia chegou e evitou o linchamento. 
As pessoas continuaram a enfrentar os policiais, por isso foi necessário pedir reforço para cercar o local e evitar o linchamento.


 O assassino foi retirado da vizinhança protegida por cerca de 100 policiais.
Rapidamente, as notícias do sobre o assassinato do padre se espalhou por toda a cidade.
  Nas redes sociais as pessoas começaram a comentar e não acreditar no assassinato do do padre.


Um comentário:

  1. Deu sorte da população não matar ele👹👿😈crime terrível contra el padre 🌍🇧🇷😬😳

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.