EXECUÇÃO AO VIVO DE MARITZA MARTIN MUNOZ

Maritza Martin Munoz nascida em (29 de outubro de 1959  e morta em 18 de janeiro de 1993).


Maritza foi executada a tiros por  Emilio Nuñez, seu ex-marido, ela foi assassinada em um cemitério localizado em North Lauderdale, Flórida, EUA. 

Maritza foi entrevistada pela repórter do Ocurrió Así, Ingrid Cruz, depois de ter visitado o túmulo de sua filha, Yoandra Munoz uma jovem de 15 anos que havia cometido suicídio em 1992, Emilio Nuñez culpou Maritza pelo incidente. Emílio acreditava que sua filha havia sido abusada e morta pelo padrasto ou culpava sua ex-esposa pelo suicídio de Yoandra. Ambas teorias foram rejeitadas pelos investigadores. Yoandra foi criada pela mãe, que segundo ela Emílio não tinha contato com a garota.

Foto de Yondra Munoz.

Assim que Emilio Nuñez deixou o túmulo da sua filha, ele foi até o seu  carro, pegou uma arma e foi em direção de Maritza e fez 12 disparos com uma pistola 9mm semi-automática.

 O cinegrafista conseguiu filmar as primeiras tomadas enquanto a repórter correu para o carro. A filmagem foi usada mais tarde no filme, Bowling for Columbine. E também foi mostrado no filme shockumentary de 1993, Traços da Morte.

 Confira os vídeos abaixo...

             


Vídeo completo. 

            



       O vídeo abaixo mostra um trecho da  reportagem daquela epóca.


         

 


MARITZA MARTIN MUNOZ deixou para trás um filho de dezoito meses de idade. Ela foi enterrada ao lado de sua filha.

Em 2000, Emilio Nuñez foi considerado culpado pelo júri em Fort Lauderdale. E foi condenado por homicídio em primeiro grau e sentenciado a prisão perpétua.






Um comentário:

  1. Nostalgia no bom sentido da palavra, eu assisti no vhs quando era moleque traces of death 💀🇧🇷📺📼📹📽️🎥🎞️🎬🎭

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.